Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

APENAS EU E VOCÊ...



Seus olhos me levam de volta por caminhos que já se foram,
Eles me ensinam a sentir a dor do passado.
Tudo que eu enxergava antes de eu conhecer você
Era apenas uma vida vazia.
Quando  você será a minha vida?
O meu amanhecer?
Antes de você meu coração não conhecia a felicidade.
Tudo que eu conhecia era apenas o sabor do sofrimento e da dor.
Você vale mais do que meus dias.
Você vale mais do que meus sonhos.
Conduza-me a tua ternura.
Para longe deste mundo,
Longe, longe. Apenas Eu e Você.
Longe, longe, somente nós dois.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

ENTÃO É NATAL...



Então é Natal.
E o que você fez?
O ano termina
E começa outra vez.
Tempo de repensar em nossa vida.
Tempo de rever nossos erros.
Tempo de acertar.
É o espírito de Natal.
Não importa sua religião.
O que realmente importa é o amor.
Pois só ele é capaz de perdoar.
O amor une os povos
Une as pessoas
É disso que o mundo precisa.
Amor e muita Paz.
Afinal estamos aqui para isso.
Fomos escolhidos.
Temos esse privilégio.
Então é Natal.
E o que você fez?
O ano termina.
E começa outra vez.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

FELIZ...




Ser feliz é estar em paz
Então eu sou feliz.
Muitas pessoas passaram na minha vida.
Aquelas que marcaram permanecem.
Outras simplesmente passaram.
Porque não acrescentaram nada.
Aprendi a enfrentar a vida de uma maneira melhor.
Acredito que tudo pode acontecer na hora certa.
Sei que a vida não é somente um mar de rosas.
Não me arrependo de nada do que fiz.
Cada erro foi um aprendizado.
Muitas vezes temos que parar e pensar.
Se valem à pena certas coisas.
Sou feliz sim...
Tenho amigos...
Um trabalho que amo...
Uma família linda...
E estou em paz comigo mesma.
O amor? Na hora certa virá.
O importante é ser feliz.
Pois estou viva.
E viver vale muito a pena.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

UM HOMEM SEM ROSTO...



Apenas palavras ditas
Quem é você?
De onde vem?
O que queres de mim?
Nada sei...
Será que você existe?
Alguém está do outro lado da tela.
Imaginar o que?
Somente palavras não alimentam a alma.
É preciso do toque...
Do olho no olho...
Ouvir o som da voz.
Por que se esconde?
Medo?
Receio?
Quem é você?
As respostas nunca mais serão escritas.
Pois apaguei da minha memória
Suas palavras.
O homem sem rosto.
Deixou de existir na minha tela.
Quem sabe um dia
As palavras se tornarão reais.
E você deixará de ser um homem
Sem rosto...

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

MAIS UM ESPETÁCULO...

  

       Representantes de 192 países se reuniram na Conferência de Copenhague, em busca de mais um acordo global para menos emissão de CO2, e por incrível que pareça esse encontro gerou mais emissão de gás carbono do que qualquer outra conferência já feita. O que é possível perceber é que desde a ECO-92 as emissões mundiais aumentaram 30%. O Protocolo de Kyoto, primeiro tratado internacional com o objetivo de reduzi-las, adotado em 1997 e que entrou em vigor em 2005, gerou compromissos (não cumpridos por muitos países), e que até hoje apenas ficaram no papel.

       Na verdade os governantes que lá estiveram simplesmente disseram: dane-se a natureza e o resto do mundo. Nós vamos decidir esse negócio!
O único que ergueu a voz, solitária, como um “louco” numa sociedade de “sábios”, foi o presidente Evo Morales: “Ou superamos o capitalismo ou ele destruirá a Mãe Terra”.
       A preservação do meio ambiente não gera lucros, portanto não é importante para a maioria dos governantes capitalistas, com isso, não há acordos possíveis. Vão investir bilhões para solucionar alguns problemas ambientais, o que nos preocupa é quem vai administrar fora os desvios de verbas que provavelmente irão acontecer.
       O que temos que pensar é o que realmente é necessário para a nossa vida, se isso afetará aqueles que esperam lucrar, com certeza nos faremos entender.
       Precisamos ter consciência que temos que começar em nossa casa, com nossos filhos, desde a separação do lixo, a economia da água e da energia. Pois ensinamos isso na escola diariamente, todos os anos as escolas fazem projetos ambientais.
       Infelizmente os países mais desenvolvidos que vivem a protelar (adiar) as leis para combater esse gás tão prejudicial ao meio-ambiente, usam da demagogia; enquanto isso o efeito estufa continua a aquecer o Planeta. Tudo em nome do consumo, do progresso do conforto imediato. Agora o Futuro, bem esse parece, que aquela frase popular volta à tona: "Só a Deus Pertence". O Homem está fazendo muito pouco por Ele!
       O que nós podemos avaliar de tudo isso? Que muito se fala e nada é feito. Os interesses financeiros estão acima de qualquer acordo, onde os países não abrem mão do seu poderio mundial. O que aconteceu é que mais uma vez jogaram a responsabilidade para o povo. Como se somente nós fossemos culpados. As pessoas que lá estiveram não souberam o que fazer.
       O que ficou provado para todos nós é que cada um tem que fazer a sua parte. Apenas isso. Mudar nossos hábitos e acreditar que o mundo pode ser melhor, se ficarmos esperando decisões de governantes estaremos apenas vendo “a banda passar”.
      Há muitas coisas que precisam ser revistas e realmente colocadas em prática. Não adianta fazer conferência e não mudar nada. Acordos são feitos, mas não totalmente realizados. E como diz aquela atriz global: ”É a treva”.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

A ESPERA...



Prometo não usar palavras inúteis
E não divagar demais nessa minha viagem.
As lágrimas já não rolam mais
Meus olhos vão de um lado para outro
Aprendi a ser irônica e divertida.
Têm dias que me torno cega
Ante as adversidades da vida
E espero que algo aconteça.
Espero...
Às horas passam rápidas.
Sinto-me nostálgica.
Sou possessiva...
Meu coração está ansioso
Sinto necessidade de amar.
Não tenho mais medo.
Minha alma estava vazia.
E você chegou de repente
Ocupou o espaço vazio
Meu sonho se torna real
Era o que faltava para completar-me.
E a minha alegria é a tua alegria.
Tua voz acaricia minha alma.
Pretendo que esse amor
Seja eterno enquanto dure.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

É PRECISO TER TEMPO PARA...



É de preciso tempo para saber crescer.
É preciso de tempo para aprender e saber.
É preciso de tempo para ouvir e falar.
É preciso de tempo para rir...
Brincar e principalmente chorar.
É preciso de tempo para amar e ser feliz.
Com o tempo aprendemos a crescer
Mas às vezes não tiramos esse tempo para nós.
Gastamos o nosso tempo com coisas inúteis.
O tempo passa tão rápido.
O tempo é o nosso segredo.
Para as coisas boas o tempo é curto.
Hoje nosso tempo não é aproveitado.
Somos sonhadores no meio das estrelas.
É preciso ter tempo para
Entender a maior lógica da vida.
Ter amigos...
Sonhar...
Ter liberdade.
O tempo não espera.
Ele deixa marcas.
E se não pararmos para pensar
O tempo será nosso inimigo.

domingo, 13 de dezembro de 2009

NORMAL EU?

a


Preciso entender muitas vezes
Que as pessoas não são iguais
Não gosto de enrolação
Prefiro pessoas normais.
Sou complicada eu sei
E muito chata também
Talvez porque não seja
Falsa como grande parte
E diz na lata
Sem medo de ninguém.
Se o mundo é complicado
Nós o deixamos assim
Por sermos hipócrita às vezes
E fizemos muitas burrices sem fim.
Quisera eu ser diferente
Na minha maneira de pensar
Mas não consigo “não ser eu“
E acredite não quero mudar.
Muitas vezes as pessoas
Têm os medos indefinidos
Caem fora e correm longe
Por não enfrentarem os perigos.
Até o que estou escrevendo agora
É loucura total
Quem disse que para você
Que eu preciso ser normal?

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

FÉRIAS ESCOLARES...



     Nem sempre as férias escolares combinam com a dos pais. Para aqueles que conseguem conciliar é um prato cheio. Mas nem sempre é possível viajar por diversos motivos como: falta de dinheiro, não ter aonde ir, ou parentes chegam para passar as férias.
     As férias são para descontrair, para fazer coisas diferentes das rotinas do trabalho. Férias são para retemperar as forças físicas e psicológicas. Férias não são certamente para se viver martirizado com a falta de dinheiro.
    De qualquer maneira, este é um período sem obrigações e preocupações com as crianças e isso deve ser respeitado, não as atolando em mais trabalhos escolares ou explicações, apenas para ocupá-las.
    É possível você fazer várias coisas sem gastar nada. Fazendo viagens através da leitura. A Biblioteca Pública é uma ótima opção, o importante é que você leia nas suas férias por prazer e não por obrigação.
    Não fique o dia todo conectado à internet. Vá até a locadora e pegue aquele filme que você tentou assistir o ano todo e não deu. Convide os amigos para fazer caminhada no final da tarde, tomar um sorvete, olhar vitrines.
    Aquele seu colega de classe convidou você o ano inteiro para passar um final de semana na sua casa no interior. Vá curtir o ar puro ver pássaros, o por do sol.
Sua avó está merecendo sua visita, afinal agora você tem tempo para isso, e aquele bolinho de chuva que ela faz? Com certeza é mais um motivo para ir vê-la.
Dar banho no cachorro e acabar tomando banho junto. As meninas podem fazer trancinhas no cabelo todo. Convidar amigos para fazer brigadeiro e comer na panela. Poder passar o dia todo de pijama e muitas outras coisas, basta imaginar.
    Dormir. Dormir e dormir. O Significado das férias é principalmente descansar, então dormir e acordar por volta de 12: 00 h só pra almoçar.
    Mas não esqueça que tudo deve ser feito com moderação, pois é preciso ter responsabilidades.
Relaxar da correria é importante, mas algumas regras precisam ser mantidas. Quanto menor a criança, menos ela deve se afastar da rotina de horários e obrigações, porque mais difícil será voltar depois. Tomar banho, escovar os dentes, almoçar direitinho: a criança pode até acordar e deitar mais tarde, mas nem por isso ficam de lado os cuidados com a nutrição e a higiene pessoal. Mostre a ela que tudo faz parte. E boas férias!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

O POEMA....



Ando sem vontade de escrever
Apenas o poema fica inerte sobre o papel.
O poema se torna claro
Busco o equilíbrio através dele
Mas o silêncio se torna
Incomum...
Fico sem a noção do tempo.
Apenas o agora.
Dentro de mim o vazio.
Apenas tua sombra na memória
Não ouço mais as batidas
Do teu coração.
Assim torna-se fácil o esquecimento.
Sou o que fui.
Mulher verdadeira...
Ou apenas uma sonhadora?

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

VOCÊ E EU...



Você chegou de mansinho

E habitou meu coração
Convidou-me para dançar
Estendeu sua mão.
Seus olhos buscavam os meus
Naquele momento
Era eu e você...
Amor, paixão...
Não sei o que aconteceu.
Vontade de estar junto
De sentir algo mais.
A distância faz doer
Esse coração carente.
Tenho medo da entrega...
Quero seguir apenas
O que meu coração diz.
Viver apenas o momento.
E tentar ser feliz.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

HORA DE REFLETIR

          

           O ano de 2009 foi cheio de tragédias para o povo brasileiro. Tivemos enchentes e vendavais no sul e até tornados. Desmatamentos na Amazônia, desertificação do nordeste, a poluição do sudeste, o empobrecimento de nossos rios que atravessam o grande e médios centros, o grau de abandono dos seres mais simples os quais não conseguem ser assistidos pelo estado, a violência urbana e por ai vai.

            Muitos acreditam ser castigo de Deus. Deus não castiga ninguém e se isso acontece o homem tem toda culpa. Afinal quem mexeu na natureza fomos nós e somos responsáveis por ela.
            Chegamos ao final de mais um ano esgotados, mas sobrevivemos. Todos tiveram altos e baixos, agora no final do ano com certeza vamos fazer todos os tipos de simpatias e espantar todos os fantasmas.
           O professor ACT irá passar Natal e Fim de ano tranqüilo, pois vai saber antes onde irá trabalhar o ano que vem.
          Mas não vamos esquecer que 2010 haverá espetáculos para o povo brasileiro: Copa do Mundo e Eleições. O povo sairá nas ruas empunhando a Bandeira brasileira com orgulho, pois fazemos isso de 4 em 4 anos. É nessa época que ficamos “mais brasileiros” e sentimos orgulho da nossa Pátria.
          É hora de fazermos uma reflexão de tudo que aconteceu com cada um de nós. Onde erramos e aceitar nossas falhas. Não será mais possível ficar “cada um no seu quadrado”. É preciso compartilhar ideias e, sobretudo fazer algo de útil em prol de um bem comum.
          Temos que colocar em prática ações que possam melhorar a vida de nossas crianças e voltar mais os olhos para as famílias, pois é onde está o foco da maioria dos problemas.
          Posso dizer que me sinto realizada, pois este ano foi muito produtivo em termos de trabalho. Consegui colocar em prática meus projetos e metas que tinha planejado. E mais feliz ainda, porque vou ser vovó pela primeira vez.
          O que posso querer mais para o ano que vem? Que as pessoas sejam menos egoístas e se amem mais? Ninguém interfere na vida de ninguém, mas podemos tentar fazer dela o melhor.
Então é Natal, e o que você fez? O ano termina, e nasce outra vez.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

SONHO...



O sonho se refaz

Na calada da noite
Sempre a mesma coisa
A luz, a estrada o olhar.
O mesmo olhar penetrante
Que fixa no meu, como flechas.
E um rosto se forma
Um rosto desconhecido.
Apenas sorri...
Seus dentes alvos
Destacam-se em contraste com a pele morena.
Um perfume suave se espalha no ar.
Fico a espera...
Fecho os olhos...
Sinto seus lábios nos meus.
Meus braços tentam abraçar seu corpo.
E encontram apenas o vazio.
Abro os olhos.
Estou só novamente.
Sei que em algum lugar você está.
E quem sabe na próxima vez eu consiga.
Sentir seu corpo.
E não somente sua boca.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

ESPERANÇA




Sou uma mulher que ri....

Brinca e chora.
Que quer descobrir segredos...
Que erra muito...
Que tenta acertar também.
Sou amiga, confidente.
Sou fiel e verdadeira.
Apenas uma mulher...
Que quer seu espaço.
Batalhadora...
Incansável...
Sonhadora.
Apenas uma mulher.
Revoltada com a sociedade atual.
Inconformada...
Mas acima de tudo...
Esperançosa...
Que espera um futuro
Promissor.
Que ainda acredita...
Que sonhar vale a pena.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

OS JOVENS DE HOJE

  

 Estive fazendo um debate em sala de aula sobre o tema: “Como vivem os jovens de hoje?” E confesso que fiquei assustada com as respostas. Posso dizer que 90% disseram que os jovens de hoje vivem nas drogas, não querem mais saber de estudar, não respeitam mais ninguém e só querem saber de sexo. Os 10% responderam que é falta de limites dos pais. “Então mudei minha pergunta.” E você, o que espera da vida? A maioria pensa em estudar, para ter um futuro melhor, ajudar os pais e ter dinheiro. Alguns não sabiam ou não levaram a sério o assunto.

    Então falei da juventude do meu tempo, desde a questão do sair somente com os pais, paquerar nem pensar, comprar coisas somente em épocas de festas etc. Logicamente riram, pois para alguns, isso não é possível nos dias de hoje.
    Querem os melhores celulares, os melhores tênis, roupas de grife e sair em todos os lugares. Será que isso é liberdade? Hoje em dia muitos jovens mal conseguem viver e aproveitar a vida como jovens simplesmente
    A sociedade tem culpa? Tem culpa sim, porque não permite o jovem antes dos 16 anos trabalharem fora. Aos 16 o jovem pode roubar e matar, e nada acontece, mas podem votar aos 16 anos, porque o voto é necessário para eleger políticos que pouco fazem em benefício deles.
Para muitos a esperança se tornou um desejo ingênuo. O jovem se tornou um produto da sociedade onde só o consumismo interessa. Muitos deixaram de ser espontâneos, e se tornaram céticos.
    É preciso olhar para os nossos jovens, com certeza não teremos respostas e soluções para tantos problemas. E coloco aqui o final de um texto da oratória realizada em nossa escola:
    “Sabemos que o sistema obriga os pais há trabalharem fora, e muitas vezes não existe um diálogo com os filhos por falta de tempo. É preciso arrumar urgentemente esse tempo de: olhar, conversar, aconselhar e notar seus filhos. Com isso quem sabe a vida deles se torna um pouquinho melhor”.
    Os limites precisam ser dados, pois somente com eles os pais podem saber o que os filhos andam fazendo antes que algo mais grave aconteça.

sábado, 14 de novembro de 2009

É PRECISO TER CORAGEM...

   

Estive por muito tempo calada, distante do mundo e escondida de mim. Coisas que guardei para ninguém ver. Então resolvi abrir as asas e voar, mostrar o que faço o que gosto. Meus sonhos, minhas angústias.
    Ler sempre foi minha prioridade, meu vício maior. Então comecei a escrever e percebi que a escrita era o complemento que estava faltando..
   Por toda esta minha vivência aos longos dos anos resolvi trabalhar com meus alunos essa ânsia de ler e escrever. Comecei a mandar poemas para os jornais, depois textos e fui acostumando-me com a idéia de tornar público às coisas guardadas.
    Nossos alunos têm grande potencial, cada um deles, o mais tímido pode se tornar um grande orador. Mas ele tem que ir atrás da pesquisa. O meu papel é auxiliar na reestruturação do texto, e dar sentido, observando os conectivos, a coerência, a coesão que precisam estar interligadas entre si.
    A argumentação é a chave de um grande texto, mas para que isto aconteça é preciso ter conhecimento, não se argumenta, quando não se conhece o assunto. Não basta simplesmente fazer a pesquisa. É preciso ler assuntos que estão ligados ao tema.
    A gestualidade que engloba gestos (movimentos) e atitudes e posturas (parados) deve ser uma preocupação constante do orador, emissor e receptor devem estar em perfeita sintonia. O orador deve saber distinguir entre a argumentação e a simples demonstração.
    A argumentação é essencialmente comunicação, diálogo, discussão, controvérsia.
Somente pelo erro aprendemos bem. Por isso, o expositor que souber fazer uso de sua limitação terá condições de crescer e tornar-se um excelente orador.
    Portanto, para que tudo isso funcione é preciso amar o meu trabalho como educadora. Pensar que eu faço meu trabalho bem feito independente das críticas que sempre existirão por parte daquele que nunca faz nada. Críticas essas que fazem o meu crescimento ainda maior. Interessante que quem critica nunca aparece na mídia com ações, com projetos, nunca faz nada pela escola que trabalha e muitas vezes à escola é apenas um “bico”.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

ANGÚSTIAS....



Caminhamos para novos rumos.
Enfrentamos novos problemas.
As dificuldades aumentam.
O número de “loucos” aumenta cada dia.
Pessoas morrendo de fome.
As estruturas sociais sendo deformadas.
Com as catástrofes naturais.
É preciso que haja humanismo e eficiência.
Vivemos numa paranóia coletiva.
Retiramos as máscaras
E não nos tornamos anjos.
Nossa razão está sendo extrapolada
Pelos rasgos da modernidade.
Estamos deixando de ser espontâneos.
Vivemos numa angústia serena.
Desanimados e céticos
Muitos apelam para o poder público.
Pois somos impotentes
Para resolver nossos problemas.
A vida em si já traz angústias.
Não podemos viver no isolamento
Como uma solução.
Nossa angústia é a nossa esperança.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

MINHA VIDA...




Sou livre, contra a sociedade.
Opressora e mascarada
Escrevo meus poemas
Às vezes passo por doida
Tudo isso gera com cansaço infinito
Problemas se antecipam
Mas sinto-me completa
Única...
Não sou sombra de ninguém.
Quando olho no espelho
Sou eu que me vejo.
Sem máscaras...
Sem falsas ilusões...
Sou aquilo que sempre quis ser.
Tenho muita coisa para aprender
Olhar...
Buscar...
O tempo é meu aliado.
Mais à frente, não sei.
Este meu tempo é real.
Sou dona de mim.
O espaço ao meu redor não é limitado.
As pessoas sim...
Os negativos...
Afasto.
Os positivos...
Atraio.
Enfim...
Minha vida é assim...

domingo, 8 de novembro de 2009

POETANDO



Há dias que vêm as torrentes
Que quase fico louca
Escrevo...
Guardo...
Não gosto...
Rasgo e fico num rasgo
Poetastra maluca...
Não somos donos das palavras
Sentimentos apenas fluem
De almas sensíveis.
E dos insensíveis
Mas tudo é sentimento
Tudo começa com uma vontade
A vontade do faça-se
Meio mágico
Mas é assim que é dito
Eu posso ser o caos
Mas o meu faça-se pode transformar
O importante é saber o que sou.
O ódio ainda é o caos maior
Quando desamo...
Quando odeio...
O ódio destrói as defesas
Contra as doenças.
É um inferninho particular
Não odeio.
Apenas recebo transfusões verbais.


ObS: Isso escrevi  depois de uma  conversa séria na net.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O HOMEM...



Sociedades tribais são marcadas pela agressividade
Destrutiva.
O homem tem consciência da sua impotência.
È o único que sofre por antecipação.
Existem modelos teóricos.
Alteram-se comportamentos.
Existem outras exigências.
É o poder do domínio.
Da tecnologia.
O homem é sacudido
Por asilos paranóicos
Da idade atual.
É a velocidade das transformações.
O homem teme o seqüestro.
Teme a violência.
Teme as catástrofes.
Existe desamor à vida.
Uma angústia mórbida.
A brutalidade do nosso tempo.
Gera sua própria contestação.
O homem é inconformado.
Pergunto - me:
Como será seu futuro?

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

PERIGO NA CACHOEIRA...


      Nossa escola enfrenta todos os anos nessa época os mesmos problemas .Alunos deixam de freqüentarem as aulas para ir tomar banho na cachoeira que fica perto das terras dos Berta.
    A escola fica à tarde ligando para os pais, comunicando que seus filhos estão lá. O Conselho Tutelar é avisado, entretanto nada é feito.
      O que nos preocupa é que alunos acostumados a ir seguidamente estão aliciando outros alunos que antes eram dedicados.
      Na escola ainda há os alunos que realmente representam bem seus papéis de alunos "tranqueiras", e cabulam aulas, reclamam quando há professores eventuais, reclamam do professor ter faltado, deles não serem dispensados, e quando o professor não falta, reclamam do porque ele não faltou. Esses são os mais estranhos, pois quando há aulas normais eles fazem de tudo para cabular aula e até fogem.
      A escola se fundamenta no seu Regimento Escolar, um documento discutido e aprovado pelos seus participantes e que reúne as "Normas Regimentais Básicas" , descrevendo as regras de funcionamento da instituição e para a convivência das pessoas que nela atuam.
      No entanto,  quando já se esgotaram todas as penalidades e não há mais nada a fazer é acionado o Conselho Tutelar e até a justiça. E o que dizem?-”O papel da escola é fazer com que o aluno fique na escola, independente do que ele faça”.
      Para certos alunos o professor hoje em dia se tornou um “incômodo”, um chato que atrapalha sua conversa e parece não compreender que ele, o aluno, tem coisas mais importantes para tratar com seus colegas do que com o professor, como cabular aula para tomar banho na cachoeira. Esse aluno absolutamente indisciplinado é o candidato natural para a origem de uma úlcera em um professor que não compreende que ele mesmo, o aluno, a escola e a sociedade vivem hoje uma realidade bem diferente da que viveu o professor há vinte anos atrás.
      Será que a escola tem que resolver todos os problemas de outras entidades e famílias? O nosso papel não é o de ensinar conteúdos científicos?
      O que percebemos é que cada vez mais estamos assumindo o papel das famílias e deixando de lado o saber.
      É preciso que se faça algo urgentemente antes que algum aluno se afogue, como já houve relatos dos que freqüentam salvarem seus colegas de afogamento.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

EXISTÊNCIA



O que é loucura? O que é real?
Ser atrevida, provocadora.
É ser louca?
Aprendi com minhas loucuras.
Não sinto falta das minhas lembranças.
Acredito num mundo melhor.
Sou um fruto da vida
Minhas sementes foram plantadas.
O que serei de hoje em diante
Pouco importa.
As realidades, as fantasias.
Não sei de meu destino
O impossível talvez aconteça.
É assim que existo...
Assim que vivo...
Quem sou eu?
Realmente não sei mais.
Palavras ditas apenas.
Mente vazia
Construo minha imaginação
Mas nada sei, nada penso.
Sou só o que existo
Preciso ...
Dormir e sonhar....

terça-feira, 3 de novembro de 2009

SER FELIZ....



Pergunto-me às vezes:
O que é ser feliz?
É ter saúde, casa, trabalho...
Amigos. ..?
Então sou feliz, pois tenho tudo isso.
Vejo tantas pessoas se queixarem da vida.
Sem motivos, por tão pouco.
O valor que temos está em nós.
Queixar - nos da vida que temos
É desfazer nossos valores.
Muitas vezes somos hipócritas
Queremos tudo na hora
Que tudo seja perfeito
Para ser feliz basta estar vivo
Assim como para morrer
A vida é cheia de escolhas
Você faz a sua e eu faço a minha.
Ninguém pode fazer por você ou por mim.
Nossos caminhos são diferentes
Meus obstáculos não são os seus.
O dia só será perfeito se fizermos algo
Nada acontece por acaso.
Temos o livre arbítrio.
Somos aprendizes do nosso destino.
Afinal ser feliz é simplesmente


EXISTIR...

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

A VIDA É UM ESPETÁCULO



A vida é um espetáculo
Onde sou uma mera coadjuvante.
Espetáculo este cheio de surpresas.
Estou na idade de rever o que já
Foi apresentado
Dar risadas que não dei.
Chorar o choro reprimido.
Sair da corda bamba.
Como um passe de mágica
Fazer o tempo voltar.
Este espetáculo requer ousadia.
Ter garra para não desmoronar.
Esperança para conseguir
E humildade para aceitar.
Neste circo da vida
Sou palhaça.
Sou malabarista.
Sou um rosto na arquibancada.
Aprendi desde cedo
A defender-me das facas.
E o espetáculo continuará.
Farei parte dele por muito tempo.

sábado, 31 de outubro de 2009

DIVAGAR...



Quero pensar no que quer dizer
Minha alma sonha diferente
Distraída...
Com um cansaço antecipado de tudo
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
E o sono da soma de todas as desilusões,
E da vontade de dar gritos,
Dar pulos, de ficar no chão, de sair
Na inteligência, e com alguma razão.
Pertencem ao meu modo de existir,
Tento reconstruir na minha imaginação
Sorrio ao menos; sempre é alguma coisa o sorrir...
E a vida de todos os dias retoma o seu dia...
E não as lágrimas mortas de custar a engolir.
Hoje quero só sossego.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

ESSE MOMENTO




Hoje quero tantas coisas
Sou aquilo que desejo
Algo que realmente não sei
Mas o que realmente faço?
Grito minha revolta?
Clamo por dignidade?
Ou continuo dando
A cara para baterem?
Disso não tenho medo
Se minhas palavras muitas vezes
Machucam...
Revoltam...
Sinto-me bem
Pois atingi algo.
De que estou exausta não sei.
Tenho entendido muitas coisas
Coisas que agora esqueço
Não vale a pena lembra.
Hoje sei de mim
Amanhã, não sei.
Penso em tudo
Penso no nada
Faço e desfaço minha vida
Um dia encontro uma saída.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

HEI VOCÊ....




Você que está ai do outro lado
É com você mesmo que estou falando
Está tentando decifra-me?
Penetrar na minha alma?
Sou isso que você vê
Sou luz e trevas
Muitas vezes encontro
Alguém como você
Que gosta do que escrevo
É este poema fiz pra você
Não ri... É sério...
Você já tentou colocar no papel
Suas angústias, seus medos?
Suas esperanças, alegrias?
Medo do que os outros vão pensar?
Não acredito que você pensa assim...
Olhe pra você
Você é importante
Então vamos lá
Quem liga se tem rima ou não?
O belo é você que sente
Quem vai ler talvez sinta o que você sentiu.
E quando isso acontecer meu amigo (a)
Você vai se sentir leve
Porque você foi capaz.
Se você conseguiu ler até o final
Essa baboseira toda
E não riu
Então você já é um poeta.
PARABÉNS!!!!

SEM SABER....




Sabe quando dá um branco
E as palavras não vêm?
Estou assim agora
Tentando escrever algo
E não sei por onde começar.
Minha vida é assim também
Muitas vezes existem vários caminhos
E fico indecisa sem saber qual seguir
Isso me incomoda
É como se faltasse algo para impulsionar
Ou alguém que diga: é esta a palavra
É este o caminho.
Mas nem sempre teremos alguém
Para nos orientar
Minhas decisões terão que ser somente minhas
As palavras serão escritas por mim
Minha mente se torna um enraizado de dúvidas
E eu fico aqui na frente desta tela
Sem saber o que escrever
Vou sair
Quem sabe amanhã eu tenha
Mais inspiração.

domingo, 25 de outubro de 2009

O AMOR É...



O amor não obedece à razão
Ele não pede licença
O interessante é que nos
Agarramos a ele nos momentos
Mais difíceis das nossas vidas
Ele toma nosso tempo
Ele quebra barreiras sociais
Quando ele se torna possessivo
Destrói-nos sem piedade
O amor incondicional
O amor doentio
Acima de tudo um amor livre
Mas ele não é nada
Se não for correspondido
Amar não é se envolver
Com a pessoa perfeita
Amar é confiar
É respeitar a pessoa
É sentir saudades
Experimente
Quem sabe um dia
Eu também sinta esse AMOR.

sábado, 24 de outubro de 2009

EU E VOCÊ...




Sei que a beleza está em mim
Enquanto pessoa que sou
Sou uma mulher cheia de vontades
E tenho a satisfação de ser
EU MESMA...
Sempre sei de mim
Aonde vou
E você ai do outro lado
Da tela fria
Observa-me
Estuda-me
Olha meus movimentos
Como um animal querendo sua presa
Fica em silêncio
Quando não há mais nada
Para dizer um ao outro.
Assim nós somos
Diferentes e iguais
Temos nossos sonhos
Somos utópicos
Temos sede do infinito
Afinal EU e VOCÊ
Estamos aqui nesta tela
Ilusão? Fantasia? Realidade?
Não sei as respostas.
Mas foi muito bom te encontrar.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

VOU SER VOVÓ



 Minha filha amada agradeço por essa dádiva de ser vovó, pode ter certeza que esse nosso bebe já é muito amado. Agora com certeza temos muitas coisas para fazer, como preparar o enxoval. É seu presente de aniversário e eu vou ser vovó com 50 anos. Sei que ele será um pedacinho meu, porque você sabe que será muito paparicado por todos nós. Deus permitiu isso a você e pode ter certeza que ser mãe é a coisa mais linda do mundo. E eu como vovó nem sei direito, mas juro que vou ser a melhor vovó do mundo.
Te amo minha filha obrigada por este presente maravilhoso. Bruno grata por fazer minha filha feliz.

AMO VOCÊS

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

CHEGANDO AOS 50...



Sou forte, sou mutável.
Batalhas foram vencidas.
Sonhos realizados.
Aprendi a dar valor a tudo.
Aprendi que muitas vezes tive que ser limitada.
Hoje tenho liberdade para ser quem sou.
Afinal eu cresci, chegando há meio século.
Mas ainda não fiz tudo, a muito por fazer.
Quero ainda amar, enxergar as coisas belas da vida.
Saber escolher, optar, ousar, refletir, encontrar.
Pois a vida não termina aos 50.
É apenas um recomeço.
De fazer o que não foi feito.
Arriscar é ter coragem.
Recuar é ser covarde.
Omitir é fechar os olhos.
Então é hora de acordar.
Pois viver vale a pena.
Afinal não é preciso de muita coisa para
Ser feliz.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

INTERROGAÇÕES...



Será que as pessoas agem por pensamentos?
Ou os sentimentos estimulam?
Não sei como é o intimo das outras pessoas.
Mas acredito que são diferentes.
Somos movidos pelo instinto.
Pergunto-me às vezes:
Por que será que as coisas doem?
Eu posso habituar-me com tudo.
Menos com a dor.
A palavra muitas vezes não tem sentido.
Quando não há sentimentos.
Não posso deter o tempo.
Ninguém pode.
Quando uma luz se apaga
Tudo se torna mais escuro.
Do que a luz jamais tivesse brilhado.
O mundo está cheios de sonhos.
Destroços...
Me junto a eles e tento
Organizar minha vida...

domingo, 18 de outubro de 2009

VIAJAR É ESTUDAR...

    Estive viajando pelo Rio Grande do Sul, pelas cidades de Santo Ângelo e São Miguel das Missões com os alunos das 7ª Séries da E.B.M Giuseppe Sette e muitas coisas chamaram a atenção do grupo.
    Percebi que o sinal dos celulares de todas as operadoras pega perfeitamente em todos os lugares por nós visitados, coisa que não aconteceu logo que passamos da divisa do estado para chegar a SC. Alunos queriam ligar para os pais que estávamos chegando, no entanto isso só foi possível quando estávamos nos aproximando da escola e mesmo assim muitas vezes tivemos que procurar o sinal.
    Outra coisa que percebi é que nas cidades que visitamos não vimos sinaleiras, sendo que os motoristas paravam se tivessem vontade, muitas calçadas quase não existiam. Ponto para o trânsito de Concórdia.

    Mas vale ressaltar que nossos alunos foram exemplares em termos de comportamento, quando a guia explicava estava todo mundo prestando atenção. Quem diz que viajar com adolescentes dá problema? Foram divertidos durante a viagem de ida, prestativos quando solicitados, solidários, curiosos, investigadores, isso ainda faz valer a pena ser professor. E na viagem de volta esgotados, porque funcionaram acordados durante 24 horas.
    Nosso Brasil tem belezas infinitas e muitos não dão valor a isso, a cultura do nosso povo é fantástica e o que é mais importante à preservação dessa cultura é fundamental.
    Tenho certeza que foi uma aula e tanto para todos, pois educação não se dá somente entre 4 paredes. É este aprendizado que leva o ser humano a buscar sempre mais melhorias de condições de vida para toda a humanidade.
    Esta viagem só foi possível porque houve interesse de: direção escolar, professores, alunos e pais. Talvez muitos não concordem com meu posicionamento, mas a maioria dos alunos somente tem a oportunidade de viajar com escola pela primeira vez e tenho certeza que muitos lembraram por muito tempo dessa viagem.
    Educar é isso e você só saberá se vale a pena, quando colocar em prática suas atividades educativas. E creia o resultado é maravilhoso principalmente quando você se surpreende com os retornos obtidos.
Promover viagens de estudo é despertar no educando habilidades e competências que são estimuladas e com certeza além, de serem estes, turistas potenciais.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

SER PROFESSOR É....



É acordar cedo todos os dias.
É pegar vários ônibus para chegar ao trabalho.
É permanecer na escola ao meio dia.
Porque não tem tempo de ira para casa.
Ser professor é elaborar atividades.
É corrigir trabalhos, planejar provas.
É nunca reclamar de nada.
Participar de projetos, reuniões, cursos...
Ser professor é resolver os problemas.
É ser atencioso, é rir, é estar de bem.
Ser professor é não ter problemas.
Porque professor não tem contas pra pagar.
Não tem família pra cuidar.
Professor não pode ficar doente.
Não pode ir a festas se divertir.
Afinal ser professor é dar exemplo.
Professor não pode xingar, mas pode ser xingado.
Professor não pode agredir, mas é agredido.
Educar não é uma forma de comércio.
E ser professor é além de tudo ser respeitado.
Comemorar o que no seu dia?
A sua indignação, o seu desespero
Por muitas vezes não obter resultados?
O professor precisa recuperar sua dignidade.
Ser professor não é fácil.
Ser professor não é ser como um remédio
Que vai curar todos os problemas.
Ser professor é gostar do que faz.
É além de tudo acreditar que um dia
Aqueles que realmente levam a sério
Sua profissão será valorizada
Essa é uma profissão para os que amam
E não para os que optaram apenas.
Enfim, ser professor é ser um sonhador.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

PROFESSOR!!!COMEMORAR O QUE?




    
  Afinal de contas qual o papel do professor? Ser autoritário e impor respeito? É dar conta dos conteúdos não interessando se o aluno aprendeu ou não? Ou ser uma pessoa que busca constantemente o saber? Questiono-me muitas vezes sobre isso. Já se foi à época em que o professor era a figura central na educação, o professor começou a perder terreno ao longo dos anos e tornou-se desmotivado. Essa desmotivação vem muitas vezes da falta de atenção no campo profissional.
       Salas de aulas superlotadas, alunos sem interesse, baixos salários, modismos pedagógicos, violência nas escolas, classe desunida, onde cada um pensa na sua área. De quem é a culpa?
       Professor é o único profissional que leva trabalho para casa: são as provas e outras atividades de classe que são exclusivamente corrigidas em casa, inclusive nos finais de semana e feriados, sem contar que ainda conseguem dispor de tempo para vender produtos de beleza e afins, que lhes ajudam a compor os salários.
       Muitos professores estão com depressão ou problemas de saúde e quando tiram atestados ou licença é difícil encontrar um substituto na sua área. Não da mais para fingir que o professor esta bem e algo tem que ser feito com urgência. É muito fácil falar quem está fora da educação. Uma vez alguém me disse: “Se não está contente saia.”. Seria muito fácil sair, mas ainda acredito na figura do professor como um educador e não como um agente assistencialista.
     O governo está fazendo campanhas para ser professor, não seria porque o professor está em extinção?
     Professores já foram heróis para a sociedade, já foram santos, já foram apóstolos e tantas outras coisas, mas o papel do professor ou da escola não é substituir as famílias.
      Neste dia que dizem ser o dia do professor, não temos nada para comemorar, a não ser o desalento de ver uma geração inteira perdida, sem consciência que certamente também vai expor sua prole à cegueira cultural.
      Ainda vale a pena ser professor? Acredito que sim, Mas está cada vez mais difícil encontrar argumentos para colocar na balança. Acredito, mas não sei por quanto tempo ainda.
     Ser professor não é ser professor “meia boca”, mas sim ter o dom e gostar do que faz e principalmente se amar.



segunda-feira, 5 de outubro de 2009

SAUDADES DA MINHA INFÃNCIA


        
Sinto saudades das brincadeiras, das cantigas de roda, dos amigos que brincavam comigo.
Tudo era inocente e não havia maldade eu brincava nas ruas com as outras crianças de pega-pega, esconde-esconde, pipa e outras brincadeiras saudáveis. Do que a criança brinca hoje?Será que brinca?As que têm internet passam o dia na frente jogando e batendo papo no MSN ou na frente da TV. Educar ficou mais difícil para os pais, a necessidade econômica obriga os pais a trabalharem fora e com isso diminui o tempo para com os filhos. Professores têm que ser criativos e inovadores para acompanhar o ritmo da criança.
       No passado era comum os filhos ajudarem os pais com as tarefas domésticas ou mesmo aqueles que moravam no interior ajudavam no campo.
       Hoje se fazem é tudo a contragosto e na base do protesto ou de forma insignificante. Sei que pais perfeitos não existem e nem filhos perfeitos. A escola tem proporcionado inúmeras oficinas como: dança, artesanatos, judô, futsal, xadrez e muitas outras, mas o que se vê é um número pequeno que freqüentam e os demais onde ficam no período que não estão na escola, enquanto os pais trabalham?
        Quando se fala nas campanhas políticas que as prioridades são educação e saúde não é o que vemos durante os anos seguintes em relação ao Brasil ou ao resto do mundo.
        As crianças hoje em dia estão cada vez menos crianças, meninas de 12 anos já são mães ou se prostituem por não terem outra opção. Nessa idade já usam batom, salto alto, pintam cabelo e fico a imaginar qual o futuro delas e o que elas passarão para seus filhos?
         Nosso país é rico tão rico que a COPA de 2014 será realizada aqui, e agora as Olimpíadas de 2016, estas notícias causaram indignação em várias pessoas inclusive a mim. Agora com certeza sabemos aonde vai o dinheiro para nossa saúde e educação. Provavelmente na época dos jogos não haverá mais crianças nas ruas, pobreza, aumento de preços, violência nas grandes cidades, buracos nas pistas, enchentes no SUL, cidades arrasadas por vendavais. Tudo será perfeito e maravilhoso.
         Com isso não dá para imaginar um futuro melhor sem nossas crianças sendo, ignoradas, violentadas, maltratadas. Podemos sim mudar este triste quadro e não ficarmos apenas assistindo, afinal somos responsáveis por nossas crianças e o dia delas não é somente dia 12 de outubro, mas todos os dias.
"Ainda há gente que não sabe, quando se levanta, de onde virá a próxima refeição e há crianças com fome que choram." (Nelson Mandela)

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

A NATUREZA SE REVOLTA



O mundo todo tem sofrido
Por calamidades naturais
Não teria o homem transgredido
Com progressos artificiais?
Já ficou comprovado
Que a natureza pega de volta
O que lhe foi tirado
Ondas gigantes, furacões, enchentes
O mundo todo sofre com isso
O homem pensa que pode mudar tudo
E que a natureza atenderia seus desejos
Modificou todos os espaços
Depois o homem se cala, fica mudo.
Construções são feitas
Ao longo de praias
O mar se revolta em ondas perfeitas.
Cidades foram construídas
Em cima de rios
O que o rio quer agora?
O espaço que lhe foi tirado.
E o progresso continua
Com ritmo acelerado
E o povo vai continuar sofrendo
Sendo vítima de tornados.
Será que é muito tarde
Para mudar essa situação?
Talvez se o homem pensasse
Em poluir menos
Com certeza a natureza
De alguma forma agradeceria
É preciso urgentemente
Alguma coisa fazer
Não jogar a culpa em alguns
Mas cada um ajudar
Para sua cidade proteger.
O animal não transgride
E nem modifica seu habitat
O homem tudo quer
Tudo pode, até modificar o mundo
Que Deus nos proteja
Do que virá mais a frente.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

ESTOU SÒ


Não fico mais a chorar
Pelos meus erros
Afinal não sou perfeita
Meus erros se tornam aprendizado
Medos? Tenho muitos...
Afinal a vida é um jogo
Ora se perde.. Ora se ganha...
Tenho um coração sensível
Quando estou solitária...
Essa solidão pertence apenas a mim
Não importa o que eu faça
Não importa o que eu diga
Afinal expresso meus sentimentos
Ninguém vai amar por mim
Ninguém vai morrer por mim
Ninguém vai dar um significado
Para minha vida...
Ser solitária não é apenas
O estar sozinha...
Posso ser solitária no meio da multidão
Sei que é impossível viver feliz sozinha
Pois ainda acredito em um grande amor.
Onde ele está? Não sei...
Só sei que as portas do meu coração
Estão abertas....