Total de visualizações de página

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

UM HOMEM SEM ROSTO...



Apenas palavras ditas
Quem é você?
De onde vem?
O que queres de mim?
Nada sei...
Será que você existe?
Alguém está do outro lado da tela.
Imaginar o que?
Somente palavras não alimentam a alma.
É preciso do toque...
Do olho no olho...
Ouvir o som da voz.
Por que se esconde?
Medo?
Receio?
Quem é você?
As respostas nunca mais serão escritas.
Pois apaguei da minha memória
Suas palavras.
O homem sem rosto.
Deixou de existir na minha tela.
Quem sabe um dia
As palavras se tornarão reais.
E você deixará de ser um homem
Sem rosto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário