Total de visualizações de página

domingo, 8 de janeiro de 2012

SINTO TANTA FALTA


Sinto falta do cheiro da terra molhada
Do verde das plantas
Do ar puro e fresco de todas as manhãs
Sinto falta do cantar dos pássaros
Dos rios de águas cristalinas
Da chuva que faz renascer
Sinto falta do andar livremente
Do sair à noite sem medo de ser assaltada
De tomar sorvete na praça
Sinto falta dos momentos perdidos
Das amizades que se foram
Da conversa sem sentido
Sinto falta dos sonhos não realizados
Dos amores que não tive
Da vida que passou
Sinto falta da menina que eu era
Das brincadeiras inocentes
Do tempo que não volta
Sinto tanta falta de tudo.

19 comentários:

  1. O seu texto é completo de razão, saudade é sentir falta também. Tenho saudade de correr quando era criança, brincar...saudades que a vida proporciona. bj

    ResponderExcluir
  2. Então... deixe a criança que vive em você ir de encontro a um pouco de tudo que sente falta... saia da rotina, experimente re-experimentar!
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Quando sentes, a falta inconscientemente deixa de existir, posto que reavivas os objetos de tuas memórias e os vive intensamente, como o fez em teus versos.
    Parabéns!
    Abç

    ResponderExcluir
  4. .


    De todas as faltas, felizmente tu
    não sentes da saúde que teima vi-
    ver em paz contigo. Dos teus pais
    e dos que sobraram, os melhores
    amigos. Do amor que tomou teu pei-
    to como a chuva toma a terra dei-
    xando nela verdes lembranças.
    Utopia, quimera. O que importa se
    o amor foi o que restou delas?
    Quando ao resto... Por que chorar
    pelo pouco se o mundo todo é teu
    e de quem tu escolheste para viver
    contigo?

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
  5. Excelente do Inicio ao Fim.

    Amei esse trecho "Sinto falta do andar livremente
    Do sair à noite sem medo de ser assaltada
    De tomar sorvete na praça"

    Parabéns!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. beleza e arte andam de mãos dadas no seu blog ao longo de todos os posts...adorei ter tido a sorte de encontrar um espaço tão aconchegante...estou seguindo, se puder seguir também eu ficaria grato.
    www.paullolenore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Que legal o seu texto! Gostei.

    Abraços.
    Igor Gouveia
    http://25conto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. É sua amizade que desejo lembrar para sempre e estará sempre em meu coração,
    mantendo-nos aquecidos, fortalecidos e segura de que nunca estarei sozinha.
    E é assim que eu guardo você
    Minha linda Amizade.
    E é assim que eu quero guardar...
    Como alguém que estará longe, mas sempre lembrará de mim.
    Obrigada pelo carinho nesse um ano de Viagem comigo.
    Obrigada por estar do meu lado sempre sem notar meus defeitos
    me aceitando como sou.
    Sei que deixo muito a desejar em responder a sua visita
    mais tenho cada amigo e amiga no coração.
    Me perdoe por levar uma unica mensagem para visita
    infelizmente minhas mãos não ajuda .
    Porem me sinto feliz e recompensada por todos entender minha situação.
    Na postagem tem uma presente desse dia tão feliz para mim
    ficarei feliz em encontra-lo no seu blog.
    Obrigada ,Deus esteja com todos nos nessa jornada
    que Deus me permita estar contigo por muitos anos ainda.
    Beijos e carinhos.
    Evanir

    ResponderExcluir
  9. Belo texto. Sensivelmente cativante. Parabéns...

    ResponderExcluir
  10. O passado vem ao presente através da saudade, quem tem saudade tem história!
    Um forte abraço e bjos!

    ResponderExcluir
  11. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION


    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE SIÉNTEME DE CRIADAS Y SEÑORAS, FLOR DE PASCUA ENEMIGOS PUBLICOS HÁLITO DESAYUNO CON DIAMANTES TIFÓN PULP FICTION, ESTALLIDO MAMMA MIA, TOQUE DE CANELA, STAR WARS,

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir
  12. Você me faz lembrar o poeta
    da minha infancia querida
    Marcelino Bolivar
    teu canto de saudade
    que traz o passado
    para o nosso presente
    apesar que gosto do agora
    o passado serve só pra
    fazer poemas
    e fazer a gente sonhar
    Amei teu poema
    Abraços poéticos.

    Luiz Alfredo - poeta.

    ResponderExcluir
  13. Belo texto...Espectacular....
    Na verdade, não temos saudades, é a saudade que nos tem, que faz de nós o seu objecto. Imersos nela, tornamo-nos outros. Todo o nosso ser ancorado no presente fica, de súbito, ausente.
    (Mitologia da Saudade)
    Autor: Eduardo Lourenço

    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  14. Sentimos falta, por vezes, de ser nós mesmos, já que o livre arbítrio é a mais pura ilusão.

    ResponderExcluir
  15. Que lindo texto! A coisas na vida que vão e não voltam, outras voltam modificada e outras simplesmente mudamos o olhar perante a elas.
    Gostei muito de seu espaço ♥! Fica em paz!
    Aline Santos

    ResponderExcluir
  16. Ola, legal este blog...
    Fiz uma visita e resolvi convidá-la para conhecer meu espaço...

    Se seguir, sigo-lhe de volta!
    Bjos

    Espero que goste de la!

    ResponderExcluir
  17. o sentimento de saudade é uma coisa intrigante, existe em todo mundo e a unica lingua que ele tem nome é no portugues.

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Andei passeando por aqui e gostei.
    Tenciono voltar e ir lendo aos poucos os seus poemas. Apreciei este particularmente.

    ResponderExcluir