Total de visualizações de página

quinta-feira, 12 de julho de 2012

GOTA CRISTALINA



Gostas de chuva caem lá fora
Algumas mais fortes outras mais leves
Caem nas plantas como caricia
E as flores se alegram e exalam seus cheiros
Gotas que simplesmente caem sem destino
E o vento frio desvia as gotas
Desesperadas tentam se acomodar
Mas o destino prega uma peça
E as congela antes de chegar
Agora gotas cristalinas brilham na relva
Ficam estáticas apenas esperando
Então os primeiros raios de Sol surgem
Tímidos entre as nuvens
Talvez com pena das gotas tão brilhantes
Que simplesmente vão sumindo
Sem poder contemplar a beleza da manhã
As gotas cristalinas evaporam
E junto com elas apenas meu pensamento
Que também sou gota cristalina
E que devo aproveitar cada instante
Enquanto tiver esperança
E permanecerei petrificada
Meu brilho minha vontade
De viver além dos raios do Sol.

Maristela Guedes
12/07/2012

16 comentários:

  1. oi minha amiga,

    apesar da necessidade da chuva,
    adoro mesmo os dias coloridos e quentes de sol,
    meu coração fica mais vivo e mais alegre...
    linda sua postagem!!!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Que bela gota de água. A foto está linda e o poema maravilhoso. Quanta inspiração!!Abraços.
    M. Emília

    ResponderExcluir
  3. Se há alguma de que muito gosto, é chuva. Esse poema caiu bem...
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. E tu, pequenina gota,
    cumprirás teu destino mortal
    pintando arcos-íris no céu!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Gostoso como chuva de verão!

    Abração,
    Rodrigo Davel

    ResponderExcluir
  6. Na existência aparentemente frágil da gota de chuva, existe a perpétua certeza da transparência de ser.
    Cristalina poesia!
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  7. dos quatro elementos, sê água

    beijo

    ResponderExcluir
  8. Cara Maristela,
    Tenho que lhe parabenizar por esse poema lindo, maravilhoso; repleto de criatividade e inspiração inebriante... Gostei demais, adorei...

    ResponderExcluir
  9. É, realmente não somos mais do que gotas frágeis à mercê da natureza!
    Vejo neste poema a valorização do detalhe, a nossa própria, detalhes no universo, importantes detalhes...
    Parabéns e um grande abraço

    ResponderExcluir
  10. Um bom dia pra você. Somos como essa gota cristalina frágeis e suscetiveis aos sentimentos. “Que a cada manhã ao abrir os olhos você sinta em seu coração a certeza que a vida lhe espera de braços abertos para receber suas esperanças e realizá-las.”
    Tenha um lindo dia!
    Beijinhos com ternura
    Gracita

    ResponderExcluir
  11. Estou aqui com muito frio e pensei em ser uma gota cristalina em pleno verão...Muito bom! Um abraço pra ti querida!

    ResponderExcluir
  12. Que inspiração linda, poesia perfeita, gota linda e um espaço doce e carinhoso...um beijo em seu coração sempre.

    ResponderExcluir
  13. Achei seu blog na blogosfera.
    E adoreii!

    Já estou te seguindo..
    Me visite tbm
    http://lidiepaulo.blogspot.com.br

    Beijocas
    Ótima Semana \º/

    ResponderExcluir
  14. que gusto pasarme por tu blog!, como siempre!


    Un abrazo!

    ResponderExcluir