Total de visualizações de página

sábado, 18 de fevereiro de 2012

QUANDO A EDUCAÇÃO DÁ CERTO?


       
      Às vezes penso que exijo demais de mim. Mas é a minha maneira de ser, além disso, preocupo-me demais com a Educação e resolvi elencar uns “quando” para que a Educação dê certo.
     Quando acordamos pela manhã com vontade de trabalhar, por ser útil aos estudantes e não quando levantamos mal humorados e dizemos: ”Meu Deus vou ter que aturar esses alunos mais um dia”.
          Quando no início do ano concordamos em participar de todos os projetos feitos pela escola, e não quando esquecemos e trabalhamos com as mesmices de sempre esquecendo o compromisso com a mesma.
     Quando participamos de cursos e discutimos nossas angústias e troca de experiências, e não quando vamos somente para receber receitas prontas para trabalhar em sala de aula.
      Quando avaliamos nosso aluno pelas metas alcançadas e acompanhamento diário, e não somente somamos notas de provas e trabalhos e atribuímos a ele uma nota.
        Quando procuramos estar atualizados indo em busca de cursos, e não somente quando pensamos que já sabemos tudo.
       Quando elaboramos nossos próprios projetos e, não quando nos fazem engolir projetos que deram certos em outras cidades.
    Quando a mídia nos dá atenção merecida, e não somente quando fizemos protestos para a melhoria na educação.
        Quando os pais nos dão suporte para as atividades em casa e questionam seus filhos sobre as aulas, e não quando acham que o professor nada faz. 
    Quando os governantes cumprem suas promessas e dão prioridade para a educação, e não somente quando é ano político.  
   Quando a sociedade como um todo considerar a educação como ponto fundamental para o crescimento do país e, não somente quando nos criticam.
       Penso muitas vezes que ando com os pés nas nuvens e de cabeça para baixo, mesmo assim continuo sonhando com uma escola ideal, sem listas de chamada, sem notas. Sonho com alunos comprometidos e com professores também. Não me julgo perfeita até porque acho hipócritas aqueles que se julgam ser.
      A nossa mente carece de sabedoria, assim como nossos alunos carecem do saber científico e não de modismos mal empregados. Hoje eu sinto saudades do ensino tradicional, pois o que aprendi na escola nunca esqueci.

40 comentários:

  1. Depois de um afastamento de quase uma semana
    estou tentando prosseguir com minhas visitas.
    Quando perdemos alguém da familia não importa as causas nem
    circunstâncias.
    Sabemos apenas que doi e doi muito.
    Mais estou voltando para te deixar meu carinho
    desejar um abençoado final de semana.
    Guarde sempre no coração que você é muito importate para mim
    em momento algum me esqueço de você .
    Que a muito tempo faz parte dos meus dias.
    Seu carrinho enche de esperança o meu viver.
    Beijos no coração com carinho e saudades ..Evanir..
    Um excelente feriadão.

    ResponderExcluir
  2. Olá, vim retribuir sua visita e suas palavras carinhosas...
    Penso como vc, não sou formadora, mas sou educadora dos meus filhos em casa, pois essa é a posição na sociedade, onde está acontecendo uma inversão de papéis em que pensam que a escola e professores tem que educar os filhos.Não!O papel do professor é formar com a ajuda dos pais.Penso mais ainda que as reuniões no início da escola deveria ser para reciclagem dos pais.Mas geralmente tanto na primeira reunião, como nas reuniões ao longo do ano, somente comparecem os pais conscientes e aqueles que precisam ouvir nunca comparecem.Sim aparecem para reclamar no final do ano para passarem o filho e ainda por cima exigem...Isso na escola onde meus filhos estudam acontece, imagina nas outras...
    Adorei passar por aqui e fiquei!!
    Paz e bem

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela presença e pelas palavras bonitas.
    É sempre com grande prazer que encontro alguém que continua a sonhar com a escola ideal.
    Também sou professora e também para mim esse sonho continua bem vivo.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Maristela, lindo seu texto.
    Sou professora de formação, mas dei aulas apenas por 2 anos, por absoluta decepção com o ensino, já na época, quase 40 anos...Nada muda, exigem muito dos alunos, para os que podem ter acesso a um vestibular, mas o ensino básico, de quem depende do estado ou do município, sempre está ao deus-dará. Hoje aluno sabe pouquíssimo, e há um múmero muito grande de professores incapacitados também, mas pessoas como você mostram que vale a pena insistir e acreditar que um dia tudo mude para melhor.
    Obrigada pela visita e bom feriado!

    ResponderExcluir
  5. Belo texto. "Quando os governantes cumprem suas promessas e dão prioridade para a educação, e não somente quando é ano político." totalmente realista.

    ResponderExcluir
  6. A vida é um vagaroso instante

    mas dá para aprender aprender sem+re

    Grato pela sua visita

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pelo seu carinho!Também sou uma professora muito sonhadora,e que acredita nesses sonhos.Um lindo final de semana!Bj.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Muito bom passar aqui e ler um texto consciente, descrevendo a situação do ensino hoje em dia no Brasil.
    Onde impera o desrespeito a aquele que transmite um jeito de abrir as portas para um futuro melhor.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, escreví assim. Por que a escola Publica, não tem o mesmo potencial, da Escola Privada ? está lá, no meu blogue.

      CONVITE
      Tenho um página muito simplória na internet, aonde escrevinho alguns pensamentos, poemas, poesias ou mesmo textos diversificados. Não seria um blogue. Um blogue, é mais complexo, mais completo, mais colorido. Ainda assim, estou a lhe convidar a ir até lá, visitar-me, e se possivel seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato, esperando por Você.
      http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

      Excluir
  9. Você é uma educadora MAIÚSCULA em todos os sentidos: consciente, atuante, posicionada, cúmplice e analista em profundidade da real situação da educação, do ato de educar e de ser educado. Parabéns!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  10. Cara Amiga,

    É com muito prazer que se encontra uma pessoa como você, muito consciente dos seus deveres profissionais, que exerce com gosto e o sentido de utilidade para a humanidade.
    Realmente a EDUCAÇÃO é a base, o ponto de partida para as pessoas encararem com mais correcção, eficiência e proveito, cada acto da vida e saberem inscrevê-lo na vida da humanidade, para que as pessoas passem a ser mais felizes.

    Agradeço o estímulo que me deu com o comentário que deixou no post Errar é humano mas lesa a credibilidade.

    Desejo-lhe os maiores êxitos na bonita profissão de educadora, de professora,Parabéns aos que têm a felicidade de ser seus alunos.

    Beijos
    João

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou cá, seguindo-te, pelo blogue. E honrado, por ter comentado no meu blogue.
      Felicidades, pra voce.

      Excluir
  11. Texto bem escrito e com profundas palavras,
    Sem duvida, o Brasil precisa de educadores como você,
    uma nação livre , com cidadãos conscientes de seus direitos e de suas obrigações só se consegue com educadores, livres,conscientes e dedicados a causa da educação!
    Congratulações pelo teu profissionalismo e dedicação!

    ResponderExcluir
  12. Olá querida!
    Sou professora também, hoje, diretora, peço a tua licença para ler o teu texto em uma reunão de professores. Achei PERFEITO, incrível, disse tudo o que eu também penso. Adorei teu blog e tudo o que postas é muito bom. Vou te seguir e agradeço a tua visita. beijo! Rosane - Torres/RS

    ResponderExcluir
  13. '...acreditamos que o mundo pode se tornar bem melhor através de nossos escritos'

    obrigada pelas doces palavras ;)
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  14. Olá minha querida amiga!!!Parabéns pelo post.Educação é tudo para um país como o nosso.Se fazermos nossa parte,acredito que tudo pode se tornar mais fácil.
    Vim lhe visitar, deixar meu abraço e colocar meu bloco na rua. E dizer-lhe que sua "Escola" é tudo de bom.Nota 10 em todos os quesitos, 10 em "harmonia", 10 em "alegorias", 10 em "adereços" e principalmente 10 pelo "conjunto". Que sua "evolução" nunca se dissipe e que você seja sempre a campeã desse samba-enredo chamado "Vida".Nessa folia, sou arlequim de sua paz e de sua alegria em viver.Conte comigo para convencer os jurados, de que sua "Escola"(blog) é NOTA DEZ em tudo.Bom Descanso!!! Rubi Valente.
    www.valentebrasil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. espero que um dia nosso pais posso ser reconhecido no mundo com o pais da educação da cultura e não soemnte como o pais d futebol e do carnaval, vou ficar esperando kkk bom dia

    ResponderExcluir
  16. achei uma tematica bem dificil do teu texto ,infelizmente a situação da educação parece que decai cada vez mais a cada ano, é tantos problemas como, violencia, professores que não ligam para os alunos, entre outros, que desanima quem pretende seguir nessa area da educação e uqem vai pra escola, lembro que quandoe estudei a segunda série e terceira, as coisas não eram tão desorganizadas assim.

    ResponderExcluir
  17. Un texto fermoso dunha gran profesional,as túas verbas falan de ti.Gústame a túa maneira de ser frente a esa tarefa tan importante como é o ensino.Coido que cando a responsabilidade e tal nunca se está satisfeito porque se quere facer e dar o mellor de un mesmo.
    Un pracer pasar por aquí.

    Unha aperta dende Galicia.

    ResponderExcluir
  18. Boa noite! Parabéns pelo texto apaixonado. A paixão é o que impulsiona a vida. Não cobre demais de você, apenas continue sendo esta pessoa que como dizia o filósofo francês Sarthe " compreende que toda e qualquer ação que fazemos é uma escolha e toda escolha envolve responsabilidade para com o outro, então somos todos responsáveis por tudo que acontece a nossa volta e a educação é primordial para que o ser humano evolua.

    ResponderExcluir
  19. Querida, estou aqui para agradecer a tua visita nas Flores, e as palavras carinhosas que deixas-te no poema. Obrigada.

    Agora em relação ao teu texto, muito bom e que eu adorei, tenho algumas coisas para dizer.

    É sempre bom nunca deixar de acreditar nos nossos sonhos e, se esses sonhos são em prol da formação e do bem estar da maioria da humanidade, mais forte e com mais empenho deveremos acreditar na sua realização.

    Em meados da decada de 70, era muito jovem e sonhadora e fui professora primária, (na cidade onde vivia com a minha familia - Almada - Portugal) dava aulas particulares para crianças carentes, acreditando que um dia elas teriam melhores condições de estudo, mais do que eu tinha tido, em tempos de ditadura salazarista que vigorou por 60 anos... e graças a Deus uns anos mais tarde isso aconteceu, com a queda do regime ditaturial e com as reformas de ensino para todo o País, que eu orgulhosamente participei.
    Portugal hoje em dia, além de não ter analfabetismo algum... todo o mundo é obrigado a estudar até ao 9º ano do Ensino Fundamental e o mesmo é gratuito.
    As Escolas Públicas são as melhores e a qualidade do ensino é muito conceituado em todo o Mundo. E de 85% a 90% dos portugueses têm formação Universitária...
    Se todos nos unirmos em prol da Educação acadêmica do Brasil e... da Boa Educação da população, mais rápido os brasileiros poderão usufruir dum bom nível educacional, reconhecido em todo o mundo... o que agora infelizmente não acontece.
    É necessário ainda que seja fomentada a leitura para as crianças desde tenra idade... e isso tem que partir dos educadores para incentivarem os pais a lerem histórias para as suas crianças, em vez de incentivarem as crianças a passarem horas interináveis a jogar jogos no computador ou serem modelos de passarela ou ainda apresentadores de TV... isso poderá acontecer naturalmente por vocação e não para serem realizados os desejos das mães... Mas terão que conseguir a sua formação universitária.
    Tudo vai da conscientização da Educação... e muita LEITURA!

    Querida não perde as esperanças, pois com a colaboração de todos os educadores e dos bons professoares chegaremos lá, temos é que continuar a batalhar para conseguir estes objectivos.

    Já me alonguei bastante, mas não quero deixar de te dizer que pertenço a alguns grupos de escritores, poetas e professores que uma vez por semana - normalmente à 6ª. feira - deixam livros didáticos, livros de poesia ou prosa, "abandonados" em bancos de praças públicas, em cima de cadeiras de bares, restaurantes, nos orelhôes públicos... ou em qualquer outro lugar para que sejam recolhidos e lidos por quem os encontrar... Se em todas as cidades do país essa prática for incentivada, o brasileiro vai se habituar a ler e a ter uma boa cultura geral... que agora tá difícil!

    Maristela querida, termino te desejando toda a felicidade do mundo e te convido para conheceres o meu blog de prosa e dedicado às letras e aos escritores - "PALAVRAS SEMENTE... de Palavras Somente"
    www.palavrasemente.blogspot.com
    e a continuarmos a nos mantermos em contato pelos nossos trabalhos.
    Um beijo
    Anna D'Castro

    ResponderExcluir
  20. Querida amiga,

    O seu texto é muito pertinente diante da atual situação do sistema educacional brasileiro. Infelizmente houve uma inversão de valores onde passou a prevalecer a quantidade de alunos aprovados do que a qualidade do ensino em decorrência de forjar uma realidade para receber recursos financeiros internacionais. É conveniente manter um gráfico falso e receber tais benefícios do que os indicadores lá embaixo e ficar com os cofres vazios.
    Isso é motivo para grandes discussões pois o fracasso escolar envolve várias esferas da sociedade desde a família até o comprometimento dos profissionais da área.
    Mas o bom senso deve prevalecer e investir na Educação Básica ( séries iniciais) e valorização do professor já um grande passo para a melhoria desse quadro.

    Um beijo carinhoso no seu coração e tenha uma linda e abençoada semana!

    Deus seja contigo

    ResponderExcluir
  21. Olá, amiga!
    Quando alguém não aceita as coisas como estão, algo já começa a mudar.
    Se houvesse menos hipocrisia e demagogia, teríamos uma educação muito mais eficiente, mas vale a pena sonhar e idealizar um sistema educacional melhor, pois "sonhar não custa nada". Tenho certeza de que não viverei para testemunhar essa evolução, em mim, testará apenas a utopia.

    Parabéns pela lucidez e obrigado pelo comentário sábio e gentil que fizeste no meu blog!

    Abraços do novo amigo!

    ResponderExcluir
  22. Mais uma vez passando para visitá-la. Sobre o seu comentário em meu blog, realmente, as crianças nos surpreendem. Dê uma olhada na narração deste outro momento: http://ahpoesia.blogspot.com/2012/01/o-irmao-dormiu-estrelando-meus.html
    Espero que goste.
    Abraços e volte sempre!

    ResponderExcluir
  23. Do que nós precisamos é, sem sombra de dúvida, de um sistema de ensino que nos ensine a aprender.

    Tão somente...

    Força, essa vitalidade só vem reforçar que o Ensino é uma vocação, não uma mercadoria!

    Bj
    António

    ResponderExcluir
  24. Ola professora. Seja muito bem vinda e o prazer é meu em falar contigo. E maior ainda se torna em ver que cuida da difícil tarefa de educar; pois assim e assim estamos bem perto de contribuir para melhorar um pouco a nós mesmos e aos outros. Melhorar o mundo como você mesma disse. Agradeço as tuas palavras.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  25. Linda, tens a minha admiração.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  26. Quem nasceu para educar será esse o seu destino, mas não nos esqueçamos que a primeira educação devia de vir com o berço. Você daria continuidade à mesma. Lindo texto de quem nasceu para educar. Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  27. Olá..,vim retribuir e agradecer a visita e o carinho,fiquei imensamente feliz,mito obrigada.Deus te abençoe mais e mais!Beijos com carinho,Rose.

    TEMOS QUE LUTAR POR AQUILO QUE ACREDITAMOS!

    ResponderExcluir
  28. Os alicercres de um país está na educação da sociedade.
    Nem sempre os professores têm o carinho nem o apoio que merecem.
    A sua postura perante o assunto é fantástica.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  29. A educação como a saúde está precisando ser levada mais à sério nesse país. Professores mal pagos, desiludidos, tentam fazer o melhor,m alunos desestimulados, e por aí vai! beijos,chica

    ResponderExcluir
  30. Felizmente existem pessoas como você neste mundo! Eu creio que um dia vocês serão recompensados por tanta dedicação!
    Também sou professora mas exerço outra profissão. Não tenho muita paciência para lidar com gente mal educada! Acho mesmo que não nasci pra isto. No entanto, admiro profundamente professores como você, que desafiam todas as dificuldades e continuam otimistas e firmes nos seus propósitos.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  31. Por vezes basta ter força e coragem para seguir em frente. Os momentos passados na escola vão se refletir na vida fora dela, seja do aluno ou do professor. A boa educação deverá começar em casa, se não for ai então o aluno também não será educado na escola porque lhe faltam as bases que deveriam ter sido dadas pelos pais... Tem muitos problemas por causa disso. Os pais pensam que na escola é que se educa os filhos, mas estão enganados. Em casa o papel é tão importante quanto o da escola.

    É preciso ser-se coragem para ser professor nos dias de hoje. Parabéns.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  32. O "quando" , enquanto o povo não souber escolher os governantes, continuará sendo "quando"...Esperamos, que a Lei da
    Ficha Limpa traga alguma mudança nos "quando", no setor da Educação, Saúde e tudo o mais, "para o bem de todos e felicidade geral da nação"....

    Os agentes da educação, em sua maioria, são dedicados e tudo fazem para a boa qualidade do ensino. No entanto, falta-lhes motivação, no aspecto salarial e nas condições materiais das escolas públicas.
    O "povo", estuda em escola pública, e esta depende do PODER PÚBLICO, onde os "seres políticos (?)" se estabelecem...

    Um abraço,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  33. Ôi! Passando pra convidar! Tem post novo! Vem! Cada coração amigo conquistado, é mais uma luzinha a iluminar a nossa estrada! Uma terça-feira radiante e abençoada! Abraço fraterno e afetuoso! Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/
    http://www.dihitt.com.br/elaineaverbuch
    http://twitter.com/@elaineaverbuch

    ResponderExcluir
  34. Em quase 30 anos de democracia ainda estamos com a educação mais atrasada das américas, perdemos apenas para o Haiti. Temos uma economia poderosa... mas de quê adianta, se todo o nosso dinheiro vai para as potências ocidentais em pagamento aos empréstimos, renovados a cada ano? Assim, ao invés de termos dinheiro investido em educação, saúde, rodovias e segurança temos que mandar todos os nossos impostos ao exterior. Já está mais que provado que o nosso sistema político não funcionou. A nossa democracia é muito pior que a ditadura que começou em 64. Além de não termos progressos na educação e saúde, tivemos regressos na segurança e na cultura - veja a TV aberta como está.

    ResponderExcluir
  35. Acabei de postar resposta ao seu comentário no Educar é preciso! e resolvi conhecer seu cantinho.
    Por este texto que acabo de ler, creio que você deve se afinar com a proposta de nosso blog, portanto me sentiria muito honrada se, de vez em quando, quisesse postar algum texto seu por lá.
    Eu não sou da área da Educação, somente uma apaixonada pelo assunto e conto com os especialistas (professores, pedagogos, etc.)
    Se houver interesse, basta me enviar um e-mail confirmando.
    abraços

    ResponderExcluir